7 práticas para lidar com seu BackLog de Manutenção

7 práticas para lidar com seu BackLog de Manutenção

Provavelmente você já ouviu falar nesse indicador em algum momento da sua gestão. Apesar de não existir procedimentos que possam ser aplicados em qualquer circunstância, algumas boas práticas podem ser enumeradas:

1- Organize o seu arquivo de serviços pendentes.

Se houver processamento de dados com o auxílio de computador, é fácil. Se não existir, leia todas as O.S. para saber o que está pendente, e separe por ordem de importância. Como você vai tratar as Ordens de Serviço que já deveriam estar executadas e que estão planejadas para daqui a seis semanas? Cremos que neste caso, se são programadas para daqui seis semanas porque a máquina não está disponível (ou porque eu não tinha mão-de-obra), em nosso entender é backlog devido a equipamento não disponível (ou falta de hH). Se a O.S. está parada e programada para daqui há quatro semanas devido a falta de material, é backlog devido a falta de material. Identifique o motivo!

2- Após rearrumar o arquivo, reveja os critérios de prioridade com os emitente.

3- Cancele ou modifique as que não mais retratam a realidade do pedido.

4- Inicie o atendimento dentro da nova ordem, usando a mão-de-obra disponível.

5- No mínimo duas vezes por ano faça uma reavaliação do que está pendente.

6- Destaque nos relatórios de manutenção as O.S. que são itens de investimento e as que consomem muita mão-de-obra.

7- Seja hábil para contornar situações novas e inusitadas.

Para saber mais sobre BACKLOG DE MANUTENÇÃO baixe o E-book Gratuito em http://downloads.centralsigma.com.br/… e veja:

  • Qual é o objetivo do Backlog?
  • Fórmula e Exemplos de Cálculo
  • Montagem do Backlog
  • Análise de Gráficos de Valores de BackLog

Veja ainda 3 vídeo-aulas sobre Backlog:

Esperamos que este material possa ser de grande valia para seu aprendizado!

Tags: No tags

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *